Iniciativa CROSSIDEAS

O que é?

A Economia Circular, a Transição Energética e a Adaptação às Alterações Climáticas constituem já atualmente desafios para as PMEs, para os quais a inovação é chave para garantir a sua competitividade, e prevenir perdas potenciais. A iniciativa CROSSIDEAS promove e facilita o encontro entre as PME’s e os Centros de Investigação da FCT NOVA, com vista a desenhar e implementar a inovação necessária e adequada às especificidades dos desafios de cada PME.

Esta iniciativa é co-financiada pelo EIT Climate-KIC e tem a AIP-CCI como parceira. Tem o apoio institucional da Agência Portuguesa do Ambiente e da Direção Geral das Actividades Económicas.

Porquê?

A Economia Circular, a Transição Energética e a Adaptação às Alterações Climáticas influenciam o crescimento e a evolução das PME’s, que lutam por se manterem competitivas, sob condições cada vez mais complexas. A Inovação é crucial para as PME’s mas difícil de estimular e identificar, sobretudo quando há limitação de recursos. É possível ultrapassar essas limitações através de processos colaborativos que podem ser estimulados pelo encontro com o potencial de conhecimento e de ferramentas disponível nos recursos dos Centros de Investigação da FCT NOVA.

Como?

Para novas ideias e projectos surgirem é necessário um ponto de ignição. O primeiro momento de ignição acontecerá em workshops, onde cada PME poderá inteirar-se do âmbito dos temas "Economia Circular, Transição Energética e Adaptação Climática", e poderá identificar os desafios específicos para a sua realidade.

Cada PME deve submeter online os desafios específicos da sua atividade, descrevendo-os de forma clara e sintética. Serão selecionadas 50 PMEs para prosseguir. Para estas, a iniciativa CROSSIDEAS estabelecerá o match mais adequado entre cada um dos seus desafios e os investigadores selecionados dos 14 Centros de Investigação da FCT NOVA.

No dia 13 de outubro (sábado), as 50 PMEs selecionadas são convidadas a passarem um dia no Campus da FCT NOVA, para um speed dating com o(s) investigador(es). Durante este dia, as PME's e os investigadores Centros de Investigação explorarão caminhos de colaboração, com vista à identificação e desenvolvimento de soluções inovadoras para os desafios propostos.

Fases


Para quê?

A geração de inovação no âmbito das PME's é fundamental para a sua competitividade, pretendendo-se apoiar um processo da sua integração, no longo prazo, com o conhecimento e práticas científicas e técnicas da FCT NOVA, nomeadamente através de parcerias.

Para as PME's os principais resultados serão:
  • Identificação das áreas prioritárias de atuação nos temas identificado

  • Participação em processos de ideação colaborativa
  • Desenvolvimento de novos projetos (Inovação/Business Development)
  • Acesso a competências novas, para além do domínio específico da PME, através de parcerias de colaboração
  • Acesso a novas oportunidades de financiamento
  • Captação de novos talentos e competências


Para os Centros de Investigação os principais resultados serão:
  • Acesso a contextos reais diversificados, para investigação aplicada
  • Criação de parcerias com empresas
  • Desenvolvimento de novos projetos
  • Acesso a novas oportunidades de financiamento
  • Proximidade à comunidade